morcegos únicos mamíferos que voam

Morcegos: mamíferos que voam!

Quando pesquisamos sobre as curiosidades sobre os morcegos, logo aprendemos que eles são os únicos mamíferos que podem voar.

Cientificamente, eles são pertencentes à ordem chiroptera e distribuídos em duas subordens, a Megachiroptera e Microchiroptera. Porém no Brasil não tempos representantes da primeira subordem, tendo a chiroptera em nossas regiões.

Além de ser o único mamífero que pode voar, a espécie apresenta outras características como hábitos noturnos, audição aguçada e a capacidade de ecolocalização para capturar as presas.

Geralmente costumam apresentar diferentes hábitos alimentares podendo comer desde frutos, insetos, peixes e o sangue de qualquer espécie animal.

As curiosidades sobre os morcegos

Eles são mamíferos de pequeno porte, os maiores exemplares são pertencentes à família de morcegos gigantes que podem apresentar 1,7 metros de envergadura e um pouco mais de um quilo.

Dentre as suas principais características possuem olhos pequenos, orelhas grandes e dentes bem afiados. Porém também apresentam características bastante comuns aos outros mamíferos, como ter o corpo coberto por pelos e cuja densidade de pelos pode variar de espécie para espécie.

Desenvolvimento dos morcegos

O embrião dos morcegos costuma se desenvolver no interior do corpo da fêmea, sendo espécies placentárias. Geralmente, o ciclo reprodutivo está atrelado também à disponibilidade de alimento, lembrando que a fêmea gera um filhote a cada gestação.

Voo verdadeiro

Entre todos os mamíferos, é a única que consegue voar plenamente. Pelo simples fato de possuírem asa membranosa sustentada por longos membros anteriores, incluindo o segundo e o quinto dedo, cuja membrana se estende aos membros posteriores.

Os morcegos conseguem se pendurar!

Pelo fato de terem garras afiadas em seus pés e curvas, conseguem se pendurar de cabeça para baixo. Também possuem o hábito de dormir durante o dia, com intensos hábitos noturnos.

Durante o voo conseguem utilizar a capacidade da ecolocalização para encontrar presas e alimentos.

Comunicação dos morcegos

O morcego também possui a capacidade de se comunicar através de sons que emitem como alerta. Lembrando que boa parte desses sons não são facilmente escutados pelo ouvido humano.

Alimentação dos morcegos

As espécies de morcegos apresentam hábitos alimentares muito variados. Costumam comer frutos, pequenos vertebrados (incluindo anfíbios e aves), insetos, piscívoros, flores, néctar e pólen, sangue hematófagos e entre outros hábitos alimentares.

A maioria deles é insetívora, sendo bons caçadores de insetos de diferentes portes na natureza.

Boa audição

Uma das curiosidades sobre os morcegos que pouca gente sabe é sobre a sua audição. Os morcegos são animais que apresentam uma audição muito aguçada, que em conjunto com a ecolocalização amplia a possibilidade de antecipar ameaças e se defenderem.

A boa audição também melhora bastante o resultado dos esforços de comunicação entre indivíduos da mesma espécie ou do mesmo grupo.

A ecologia

São espécies que cumprem grande importância para os ecossistemas ajudando no processo da polinização e de dispersão de sementes, o que ajuda na regeneração de árvores e plantas.

Conclusão

Mesmo causando algum temor, os morcegos que se alimentam de sangue são a minoria entre as espécies. São animais importantíssimos para o controle de pragas pelo fato de se alimentarem de insetos, por outro lado eles podem ser um risco de transmissão de doenças como raiva e tripanossomíase em cavalos.

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.